sexta-feira, 19 de março de 2010

Elmos

No mundo real todo mundo sabe qual a utilidade de um capacete. Eles protegem sua cabeça em quedas, de golpes, e de coisas que podem vir a cair sobre sua pobre cabeça. Mas no D&D eles nunca serviram pra muita coisa, mesmo estando lá entre os itens da tabela de equipamentos.

O mais impactante é que várias figuras mostram imagens de guerreiros usando seus elmos, mesmo quando estavam com armaduras leves, de couro. Eu sempre gostei da imagem de guerreiros com elmo, no entanto nunca houve razão nenhuma pra que os personagens comprem esse tipo de equipamento.

Se tem uma coisa que eu gostaria de fazer é tornar os elmos de alguma forma significantes no D&D, transformá-lo em um equipamento, se não indispensável, digno de se gastar algumas peças de ouro.

Algumas pessoas consideram que elmos concedem um bônus de +1 na CA; outros concedem um bônus de +1 no ataque do oponente de alguém sem um elmo (a lógica por trás disso é que o inimigo passa a visar especificamente a cabeça vulnerável). No entanto, não acho essas soluções muito boas.

Alguém tem alguma sugestão melhor?

10 comentários:

  1. D&D e sua falta de coerência.

    Gilson

    ResponderExcluir
  2. Uhmm... na verdade, nem tanta falta de coerência assim. Por aquelas irônicas coincidências do destino, vi uma postagem no Grognardia hoje (aparentemente postada não muito depois desta aqui), falando exatamente de uma passagem sobre elmos no Dungeon Master Guide do AD&D 1ªed (página 28):

    "Helmets

    It is assumed that an appropriate type of head armoring will be added to the suit of armor in order to allow uniform protection of the wearer. Wearing of a "great helm" adds appropriate weight and restricts the vision to the front 60° only, but it gives the head AC 1. If a helmet is not worn, 1 blow in 6 will strike at the AC 10 head, unless the opponent is intelligent, in which case 1 blow in 2 will be aimed at the AC 10 head (d6, 1-3 = head blow)."

    Ainda não pensei o suficiente nessa regra para saber o quanto ela me agrada. Então, quem tiver outras sugestões, agradeço.

    ResponderExcluir
  3. sobre elmos:
    os elmos romanos tinha uma abertuda no lugar da orelha, para q os soldados conseguissem ouvir as ordens.

    sobre as regras: acho q no livro dos fighters da 2ed tem regras sobre armaduras e partes de armaduras. alias, sobre "partes de armaduras", tem um livro de DarkSun q fala sobre isso, nao sei se é o Gladiators handbook ou o proprio livro basico.

    anyway, uma regra q talvez possa ser adpatada é a seguinte: nos escudos, eles dao um bonus de 1 no CA, certo? mas dependendo do tamanho, ele so dao esse bonus contra "x" oponentes. nao sei os numeros ao certo, mas digamos q o broquel dê -1 contra apenas 1 inimigo, o escudo pqno -1 contra dois inimigos e por ai vai.

    talvez o elmo possa ter algum beneficio quando tem varios oponentes atacando, pois eles tentaria "fechar um bolinho" em cima do personagem

    ResponderExcluir
  4. como eu uso uma certa tabela de sucessos decisivos chamada carinhosamente de "Tabela do Inferno" aqui e meu grupo,os elmos fazem diferença. Personagens sem elmo morrem automaticamente dependendo do resultado dessa tabela,assim como personagens sem perneiras e manoplas podem ficar aleijados tb. Os meus jogadores ficaram espertos depois dessa tabela,e sempre perguntam se a armadura tem elmo e,quando não tem,o preço de um elmo avulso...

    ResponderExcluir
  5. Gostei da solução do Socrates! Se você puder disponibilizar essa tabela de críticos pra galera, seria legal.

    ResponderExcluir
  6. jorge, nao sei se é essa tabela, mas no Combat and Tatics do AD&D tem uma tabela de criticos assim, onde vc pode arrancar pedaços do oponente, dependendo da arma, diferença de tamanho e tipo de oponente

    ResponderExcluir
  7. Uma ideia é: Se não usa elmo fica vulnerável a atordoamentos (O modificador de constituição para o valor de dano minimo para tal, ou mesmo o valor da constituição). E Vulnerabilidade a critico (poderíamos colocar a exigência de dois 20), uma possivel decapitação. Ou mesmo usar o valor de morte automático, que já existe no livro..., os 50 pontos, e 25 para criaturas pequenas...

    ResponderExcluir
  8. A regra do atordoamento é interessante... simples e funcional.

    As outras duas eu não tenho certeza se compreendi.

    ResponderExcluir
  9. Pra min a importância dos elmos é simples:
    Eles não aumentam tua CA,mas se um Pudim Negro,uma Lama Esverdeada,ou outro desses limos nojentos cair na tua cabeça,é melhor ter um elmo,já que ele que vai ser derretido pelo ácido e não teu cucuruco.

    ResponderExcluir
  10. Sempre joguei com as armaduras em partes e dando CA's quebradinhas, assim se vc usa uma cota de malha (CA+4), luvas e botas de couro (+2) e elmo leve (+1), vc vai ter um bonus de +7, isso é legal pq a CA nunca aumentou devidamente mesmo por nivel, e com equipamentos assim ela aumenta não grotescamente e ainda lembra diablo...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...